quinta-feira, 26 de maio de 2011

ESTOU TREMENDO DE FRIO, MAS PIOR QUE ISSO É SENTIR FRIEZA ESPIRITUAL.


Você já sentiu frio? Um frio de rachar?

A maior parte da região nordeste do Brasil tem característica de clima quente, no verão, turistas de todo país e do mundo vão às belas praias dos estados litorâneos do nordeste brasileiro. Mas ao contrário, na região sudeste e principalmente no sul, nos períodos do outono e inverno as temperaturas caem de uma forma assustadora. Quando comecei a trabalhar em empresas aos dezesseis anos, morava na região leste da grande São Paulo, distante do centro da cidade uns quarenta minutos, levantava cedo para ir ao trabalho, mais ou menos às cinco horas todas as manhãs, para pegar o ônibus tinha que enfrentar uma fila enorme e se chegasse tarde poderia estar lotado, então teria que esperar outro. Mas, o mais terrível era quando chegava à época de frio. O frio se juntava com uma “garoa fina” e cortante, tinha que passar por um campo lamacento até chegar ao ponto para pegar o coletivo. Pela manhã tinha que esquentar a água para tomar banho, quando abria a torneira, a água não descia, pois estava congelada.

Depois de algumas décadas, já casado e morando no Ceará, estado de clima quente no nordeste brasileiro, tive a oportunidade de viajar para os Estados Unidos, era no mês de novembro, justamente na época em que começa o frio também na região nordeste daquele país. Eu estava na divisa dos Estados Unidos com o Canadá, nunca tinha visto tanta neve, e nunca tinha sentido um frio tão intenso, mesmo estando agasalhado dos pés à cabeça, mesmo com aquecedores, nas casas, nas repartições públicas e nos veículos. Mas eu passei por um frio ainda mais intenso e esse eu nunca esqueço, quando voltava, tive que fazer uma escala de voo em outro estado naquele país para seguir viagem na manhã seguinte, no aeroporto tivemos que ficar um tempo do lado de fora esperando uma “van” para nos levar ao hotel em que íamos passar aquela noite, do lado de fora o frio foi tão intenso que parecia que íamos rachar, lembro-me que tive que andar de um lado para o outro esfregar braços e pernas, correr para o lado de dentro do aeroporto de vez em quando e voltar para fora, foram alguns minutos que nunca me esqueci.

Na vida cristã também passamos por momentos de frieza.

Nosso Criador controla todas as coisas, Ele governa as chuvas, e assim providencia alimentos para os animais e as aves, não fica contente quando o homem confia na própria capacidade, mas fica satisfeito quando as pessoas servem a Ele e confiam nos seus cuidados amorosos. O Salmista diz: “Louva, Jerusalém, ao SENHOR; louva, Sião, ao teu Deus. Pois Ele reforçou as trancas das tuas portas e abençoou os teus filhos, dentro de ti; estabeleceu a paz nas tuas fronteiras e te farta com o melhor do trigo. Ele envia as suas ordens à terra, e sua palavra corre velozmente; dá a neve como lã e espalha a geada como cinza. Ele arroja o seu gelo em migalhas; quem resiste ao seu frio? Manda a sua palavra e o derrete; faz soprar o vento, e as águas correm.” (Salmo 147:12-18). O Senhor de toda criação garante a segurança e a prosperidade do seu povo, com paz e com provisões abundantes.

Então, porque o cristão fica frio espiritualmente? Certa vez o Senhor disse o que está registrado no Evangelho segundo Mateus: “E, por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos.” (Mateus 24:12).

A palavra iniquidade no original significa aquele que despreza e viola a lei. Então podemos concluir que aquele que transgredi a lei influencia a frieza. O esfriamento do amor não acontece somente com aqueles que transgridem as normas, mas para aqueles que estão envolvidos com os mesmos. É contagiante. As pessoas são fracas e absorvem comportamentos, linguagem, aparência, vestimenta, etc. Cada vez mais somos envolvidos. Mas isso não acontece somente no mundo ou nas pessoas que não tem o padrão de Cristo, o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim.

Quando falamos de frieza espiritual estamos falando de crentes que estão deprimidos envolvidos com seu próprio eu, esquecendo-se qual é sua verdadeira identidade perante o Criador.

O mundo nos envolve, e os valores são trocados, nossas prioridades vão sendo agrupadas de forma errônea. Então, nos sentimos incapazes, tristes, achando que estamos sofrendo, que Deus está nos castigando e finalmente estamos frios diante da grandeza do nosso Senhor.

Não conseguimos enxergar mais os valores cristãos, estamos com nossos olhos obscurecidos com as imagens que são colocadas em nossas mentes diariamente, o consumismo, o poder, a posição social, o reconhecimento, a evidencia, nos dilacera, nos leva a uma prisão que outrora estávamos, fomos libertos e agora queremos voltar. Estamos tendo a atitude do povo hebreu no deserto depois de ter sido liberto do cativeiro do Egito.

Nossas igrejas hoje estão em um marasmo, um esfriamento espiritual, uma geleira do polo norte em relação ao Criador, nosso louvor, adoração e nossa oração não passa do teto. Estamos buscando a alegria aqui na terra, e não estamos vislumbrando o por vir. Vemos crentes frios quando falamos do amor e da justiça de Deus, seus rostos ficam tristes, suas atitudes são de inércia, sua função de igreja está sendo estagnada, como um homem idoso sem forças que espera sua pequena aposentadoria para parar e esperar... Irmãos, eu fico indignado, e sei que muitos vão me criticar.

Mas eu não entendo porque os cristãos dos nossos dias precisão ser motivados com festas, com eventos, com conforto, com todas as coisas que o mundo busca. Não sou contra estas coisas, nosso Senhor é capaz de dar a todos nós todas estas coisas, desde que tudo isso seja usado para que o Seu nome seja glorificado. Mas, estou falando que quando vamos organizar um evento de comemoração na igreja que envolve comida, ou passeio todos ficam motivados, mas quando vamos organizar um evangelismo, uma vigília, um culto de oração, ou mesmo na escola dominical, a frieza espiritual aparece. Assim como nosso Deus faz conforme sua Palavra registrada no Salmo 147: 18 “Ele envia a sua palavra, e o gelo derrete; envia o seu sopro, e as águas tornam a correr.” Ele tirará esta frieza dos irmãos que estão dormindo neste mundo em que devemos orar e agir, oração.

Veja sua vida! Você está frio espiritualmente? Peça força ao nosso Deus. Ele derreterá este gelo, e as águas correrá novamente.

Pense nisto!

Pastor Edson Sobreira Alves

Igreja Batista Regular Maranata – Crato - CE



quarta-feira, 11 de maio de 2011

EU JÁ VIM UMA VEZ E COM CERTEZA VOLTAREI, SE PREPARE.


Bom dia! Talvez você não me conheça, mas deveria. Peço que não pare de ler estas linhas, é muito importante para sua vida.


Já estive ai no meio de vocês há muitos anos atrás. Quando estava com vocês, formei um pequeno grupo de estudo formado por alguns homens e passei alguns anos com eles ministrando algumas importantes instruções para que eles pudessem espalhar este conhecimento em todo o mundo (Mateus 28:19, 20). Então, depois de ter ensinado tudo o que era necessário, voltei para o meu lar, mas prometi que um dia voltaria.
Passou-se um bom tempo, aqueles poucos homens que aprenderam de mim, realmente cumpriram cabalmente o seu papel, espalharam meus ensinamentos. Hoje tenho milhões de seguidores, dividi o mundo em dois tempos, o Antes e o Depois de mim, mas muitos nem sabem disso. Sendo considerado bom e integro sem pecado mesmo assim vocês não confiaram em mim. Considerado bom e reto apontei o caminho correto para vocês (Salmos 25:8). Um caminho, inconfundível e maravilhoso em que aqueles que resolvessem segui-lo encontraria a verdadeira vida.

No entanto, muitos não quiseram receber este presente (João 1.11), seguiram um caminho aparentemente bom, espaçoso, mas que os levava para um abismo sem fim (Mateus 7:13), espero que você não esteja andando neste caminho, se estiver saia logo, imediatamente!

Cada um que me recebe, terá a dádiva de estar comigo para sempre, mas você pergunta e o que isso significa? E eu respondo “Estar comigo eternamente significa não estar no inferno eternamente, estar comigo é preencher totalmente o vazio que existe em sua vida agora”, para isso voltarei e estarei buscando todos que me receberam. Você poderá perguntar novamente: “Mas, quando o Senhor voltará?” Eu lhe digo que poderei voltar a qualquer momento. “E se eu não estiver preparado? Eu ficarei aqui?”. Sim, todo aquele que não se interessou por minha Palavra, se envolveram consigo próprio, foram egoístas, desprezaram, muitas vezes, aqueles que queriam falar sobre mim, nunca quiseram ouvir as pregações do verdadeiro Evangelho que salva, esses ficarão e sofrerão as consequências de suas decisões.

Eu fiz todas as coisas, te criei, para meu louvor e minha glória. Olhe em sua volta, o que você vê? Vê milhões de pessoas correndo procurando algo para preencher sua existência. Você vê grandes tragédias no mundo, nas famílias, nos homens, nas mulheres, nos jovens, nas crianças. As pessoas procuram preencher um enorme vazio em seu ser, muitas vezes, com seu trabalho, com estudos, com diversões, com solidão, com os amigos, em um mundo virtual e impessoal, nunca colocam o Criador em primeiro lugar em suas vidas, e choram sofrendo a dor do seu próprio orgulho. Fico triste quando vejo milhões de jovens drogados em todo o mundo, homens e mulheres adúlteros e promíscuos, milhões deles com problemas com sua verdadeira sexualidade, grande parte passando fome. Então mais uma vez, você poderá perguntar: “Por que o Senhor não faz nada?” “E eu lhe responderei, que eu já fiz tudo, concedi sua própria vida, e também lhe dei o principal, à vida Eterna quando morri na cruz.” As pessoas sofrem porque elas escolhem sofrer, querem as bênçãos, mas nunca querem o Senhor das bênçãos, deixaram de adorar o Criador para adorar a criatura. Eu sendo longânimo, ainda continuo de braços abertos esperando arrependimento e sua entrega total, mas o orgulho dos homens os faz afundarem em sua própria areia movediça. Mas, quando percebem que este vazio jamais será realmente preenchido senão por mim, então já será tarde demais. Eu sou o Rei dos Reis, o Criador, o Único caminho, a Porta, o Rio de sua vida, o Bom Pastor, o Alfa e o Ômega, o Principio e o Fim, assim todo aquele que me receber mesmo antes que eu volte terá a verdadeira vida, vida plena em Cristo Jesus. Eu sou o Senhor Jesus Cristo.

Pense nisso!
Pastor Edson Sobreira Alves

Igreja Batista Regular Maranta – Crato - CE







terça-feira, 3 de maio de 2011

VOCÊ JÁ TOMOU A SUA CRUZ E ESTÁ SEGUINDO CRISTO?


Inácio e Policarpo foram discípulos do apóstolo João. Viveram em um período crítico do cristianismo, foram perseguidos por defenderem a verdade do Senhor Jesus Cristo. Ambos foram confrontados pelo imperador Trajano de Roma. Inácio teria que oferecer sacrifícios aos ídolos como prova de sua lealdade a Roma e recusou a fazê-lo, foi levado para o estádio onde havia milhares de expectadores sedentos por ver sangue, se ele não negasse sua fé em Jesus Cristo seria devorado por diversos leões famintos. Ele continuou defendendo sua fé e foi comido pelos leões.

Hoje, muitos pensam assim: “Ele deveria negar somente com sua boca e continuar crendo em seu coração e assim teria se livrado da morte”. Policarpo, seu amigo, procurado pelas autoridades, pois era conhecido também como pregador do Evangelho, se entregou voluntariamente sabendo o que o esperava, ele foi ordenado a amaldiçoar Jesus, então ele disse: “Durante oitenta e seis anos, eu O tenho servido; Ele nunca me fez nenhuma injustiça. Como, pois, blasfemarei do meu Rei que me salvou?” Então logo depois foi levado para o meio do estádio, foi amarrado num tronco e queimado vivo.

Tomar a cruz é uma expressão forte que muitos não entendem. Jesus Cristo disse certa vez que se alguém quisesse realmente segui-lo, teriam que negarem-se a si mesmos e tomar suas cruzes (Mateus 16:24). Cristo sabia que todos deveriam pagar o preço.

Se em nossa comunidade todos que conhecemos e até quem não conhecemos nos ver como alguém “bonzinho”. Terá algo errado neste conceito? Sim. Provavelmente estas pessoas não foram devidamente confrontadas com a verdade. Elas não foram esclarecidas sobre a realidade do inferno e sua real posição diante do pecado e de Deus. O apostolo Paulo escrevendo para Timóteo disse: “Ora, todos quantos querem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos.” (2 Timóteo 3:12). Aqueles dois homens no início da igreja primitiva representam àqueles que carregam a cruz de Cristo, que defende sua fé pela verdade que é Cristo Jesus. Ser bem vistos pelas pessoas descrentes em nossa volta significa que estamos moldando nossa vida para aparentar uma harmonia ilusória, onde discordamos das práticas mundanas do pecado, mas, não manifestamos nossa posição para sermos aceitos e assim, evitarmos ser perseguidos.

Essa é uma posição de muitas igrejas que querem atrair a todo o custo, pessoas que enchem o templo, mas sem uma real entrega, sem um compromisso sincero com a causa de Cristo. Estão dentro da igreja pela conveniência por não serem exortadas, pois pelo menos alguns “dão” os dízimos e ofertas. Muitos aceitam sua amizade e dizem: “gosto muito da sua igreja, pois é muito parecida com a nossa”, então ficamos calados.

Você poderá perguntar: “Pastor! então devemos ser mal vistos para sermos perseguidos?”. Eu lhe direi, “Não, pelo contrário, devemos dar bons testemunhos, sermos honestos, justos, misericordiosos, não iracundos, mas, em hipótese alguma devemos negar a verdade, diluir o Evangelhos ou modifica-lo para atrair multidões, devemos confrontar nossos vizinhos e parentes e todas as pessoas com o Evangelho, dizendo a condição de cada um como pecadores que estão caminhando para o inferno, e a qual resultado serão submetidos se eles não se converterem, então, ou eles se converterão, ou nos odiarão”.

Admiro muito o missionário Irineu que depois de um trabalho árduo de evangelismo em um sitio em Guassussê, Ceará, todos achavam que ninguém se converteria naquele lugar e o chamavam de louco, ele deixou implantada uma igreja batista com cento e quarenta membros. Hoje ele está transformando, com o poder do Senhor, uma pequena cidade do estado do Ceará chamada Baturité, pertinho da capital, Fortaleza. Ele não dilui nem modifica o Evangelho, quem for tocado com a verdade do Senhor Jesus entregará sua vida a Ele. Ele é chamado de louco, mas as pessoas mesmo sem querer estão ouvindo a verdade, doa a quem doer.

Minha esposa perdeu o pai recentemente e está sendo muito duro para ela também para nós todos. Para agradar suas três irmãs e um irmão, todos católicos, ela teve que ir para a missa de sétimo dia. Passados trinta dias a chamaram novamente, agora com um texto para ela ler na missa, então ela explicou que desta vez não iria, que não tinha necessidade, pois a lembrança e o legado de seu pai estavam em seu coração, explicou que o real pensamento e a verdade cristã não estavam em missas para os mortos. Então, eles se revoltaram contra ela e criticaram energicamente sua posição diante de sua fé e a decisão de não participar daquele evento.

Quando colocamos a mão no arado não podemos mais olhar pra trás. Quem ama mais os parentes do que a Cristo não é digno dEle ( Mateus 10:37).

Você realmente tem carregado sua cruz e está seguindo Cristo? Talvez você já tenha cantado varias vezes esta música:

Estou seguindo a Jesus Cristo

Deste caminho eu não desisto

Se me deixarem os pais e amigos

Se me cercarem muitos perigos

Atrás o mundo, Jesus na frente.

Jesus meu guia onipotente

Depois da luta, ganho a coroa.

A recompensa é certa e boa

Atrás não volto não volto mais

Pense nisso!

Pastor Edson Sobreira Alves

Igreja batista regular Maranata.