quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

EDIFICANDO CONFORME AS INSTRUÇÕES DO MESTRE



Homem sensato é o que constrói sua casa sobre a rocha.
 

A humanidade foi sempre fascinada por construções. Existem construções que atravessaram milênios e outras que ruem antes mesmo de serem concluídas. Cada vez mais, o homem quer construir edificações maiores e mais altas possíveis.

Cristo finalizando seu “Sermão do Monte” faz uma analogia com dois tipos de construções (Mateus 7:24-27).

São dois alicerces que definirão o futuro daquelas construções.

Primeiro observamos a edificação sobre a rocha que significa a construção da vida de um homem baseado na confiança em Jesus Cristo, pois foi Ele quem fez todas as coisas existentes no universo, incluindo o próprio universo e sem Ele nada que se foi feito existiria (Jo 1:3).

Mesmo sendo o Criador, Jesus também é o homem perfeito e tudo que ele fala é precioso para construção da vida humana.

A edificação de nossa vida não consiste somente em ouvir os ensinamentos do mestre, mas também consiste em aplicar toda Sua teoria na prática. Enfrentando obstáculos e desafios intensos que aparentemente irão nos vencer.

Seria como uma disciplina de um atleta para enfrentar uma corrida ou de um soldado para enfrentar uma batalha. A diferença é que tanto o atleta quanto o soldado tem suas disciplinas especificas por um período de sua história. Já a disciplina do cristão tem que ser constante durante toda sua vida após o novo nascimento.

Toda a ação daquilo que é correto em nossa vida moldará toda a estrutura do nosso futuro.

A lei das causas e efeitos é clara e foi instituída por Deus, veja o que o apóstolo Paulo escreve aos gálatas:Porque o que semeia para a sua própria carne da carne colherá corrupção; mas o que semeia para o Espírito do Espírito colherá vida eterna”. Gálatas 6:8

Nesta caminhada seremos fortalecidos como um filho é alimentado pela mãe no inicio de sua vida.

Contudo, seremos capacitados a conseguirmos ter uma visão correta daquilo que é necessário para uma vida bem sucedida.

 

O mundo busca valores, aos seus próprios olhos, que compõem esta construção para objetivar um grande sucesso. No entanto, cada ser humano jamais encontrará o material correto para que esta construção obtenha êxito se for fora das instruções e dos padrões do grande engenheiro, o Senhor Jesus.

Ele nos ensina e nos mostra quais são os melhores materiais para o grande projeto de edificação, e o mais interessante é que ele providencia gratuitamente cada material. Foi Ele quem os fez e os guarda em suas mãos.

 

O mais incrível e incontestável é que essa analogia se torna verdadeira no sentido da segurança e eficácia, Ele se faz o próprio material. Ele é a rocha.

A rocha, como base, significa a intimidade que poderemos ter com o Criador, fortalecendo assim a nossa vida cristã, como filhos dEle.

A rocha também representa a força de um ser esplendido, fascinante e completo que é digno de toda confiança, de toda a honra, que nos proporciona uma felicidade constante.

Então, Ele vem e se torna a própria fundação, o próprio alicerce, a pedra angular, a pedra de esquina.

Enquanto estamos construindo sobre esta base, consequentemente estaremos usando o próprio Cristo como alicerce profundo. Ele se torna disponível, sempre presente em todos os momentos que precisamos dele.

Esta base é sólida, inabalável e inconfundível. Pois, mesmo se pegássemos o material mais sólido existente neste universo ainda assim não chegaríamos à qualidade inigualável da resistência da rocha que é Cristo.

Ao recebermos o Senhor Jesus como Senhor e Salvador de nossas vidas, isso, claro, acontece em um momento mais sublime na vida de uma pessoa em qualquer tempo ou lugar, independente de sua religião ou crença, independente do sexo, raça ou posição social. O próprio Deus toca no coração do homem e ele revive espiritualmente. Então há um novo nascimento e somos convidados a ter uma nova vida, uma vida plena. Vida essa que modifica o nosso ser. Assim, conseguimos enxergar muito mais além de nossa limitada visão física. Podemos ver cada uma de sua criação com os nossos olhos físicos e não somente ver o que é visível, mas enxergar o que está por trás de tudo isso: a ação do Criador.

 

Iniciamos essa construção com êxito indiscutível, pois os resultados estão garantidos na eternidade, damos o primeiro passo, já temos o terreno adequado, um terreno firme, uma rocha inabalável onde se colocam os primeiros tijolos na pedra angular, a pedra de esquina que vai direcionar toda a edificação. Essa construção é somente um protótipo da mansão celestial que Cristo está preparando para cada um de nós (Jo 14:2).

Quando, enfim, podemos enxergar a eternidade e as promessas que Deus preparou para homem que nasceu de novo e está construindo sua morada eterna em Cristo, conseguimos viver uma vida plena mesmo diante das tribulações.

Ao mesmo tempo em que ouvimos suas instruções e fazemos de acordo como ele nos ensina, podemos sentir uma grande diferença em nossa vida, pois, passamos, a saber, e crer que suas instruções escritas, em sua magnitude, na Bíblia, dos quais os sessenta e seis livros compilados sobrenaturalmente inspirados pelo próprio Criador naqueles que foram escolhidos para escrevê-los. É justamente nesta biblioteca do Criador onde Ele nos dá todas as direções necessárias para nossa construção.

 

Cada medida, cada quantidade, cada tonalidade, intensidade, que compõem todo o material necessário para o empreendimento é usado com exatidão e presteza.  Seria como uma grande confeiteira dos manjares de um grande rei, que usando cada ingrediente com a melhor qualidade e misturando os itens nas quantidades corretas e levando ao fogo brando e intenso quando necessário, finalmente resulta em um delicioso bolo com cobertura e recheio incontestável e incomparável ao seu sabor.

A firmeza da rocha e a construção bem rígida na medida e quantidade certa pela a ação da aplicação daquilo que se ouve do mestre transforma a vida do individuo produtiva e resultam em grandes júbilos.

Certamente, esta edificação será testada de uma forma muito intensa.  A própria natureza cuida disso, os ventos e as tempestades irão cair como nunca. Serão dias terríveis, mas após todos os recursos usados contra a edificação e por termos a garantia das promessas de Deus, veremos que realmente ela continuará intacta.

 

Ficaremos abismados com os resultados, jamais vimos algo tão fantástico, um teste como este nenhuma outra edificação resistiria, nem as muralhas da China, ou as pirâmides do Egito. Qualquer estudante de engenharia civil ou arquitetura requisitaria um mestrado e um doutorado cujo professor é Cristo.

Como cristãos devemos entender que o nosso processo de santificação depende única e exclusivamente de aplicar todos os conhecimentos adquiridos pelas mensagens do Senhor Jesus nas Escrituras com a ajuda do próprio Espírito do Criador.

Não somos construtores, engenheiros, arquitetos ou mesmos confeiteiros, mas sabemos que se não usarmos tudo aquilo que o Criador nos ensina para obedecermos a sua Palavra e confiarmos em suas promessas seremos como o homem imprudente que construiu sua casa na areia (Mateus 7:26, 27).

Quantos de nós fazemos as coisas de qualquer jeito.

Estudamos de forma relapsa, trabalhamos acima do normal, comemos mal, não exercitamos nosso corpo, vivemos para o nosso próprio “eu” e ainda tratamos o próximo de forma bruta.

O homem em geral não escolhe uma base sólida para edificar sua vida.

Confia nele mesmo ou nalguma outra pessoa que aos seus olhos pareça perfeito. Um padrão para ser seguido, mas que seja contemporâneo e não seja Jesus Cristo.

Pode ser grande “guru” com receitas prontas, mas por detrás um charlatão que comprou seu diploma universitário e ilude seus ouvintes com piadas mirabolantes e vocabulário difíceis. Ou um “religioso” que trás soluções eficazes nas áreas financeiras e saúde, mesmo com poucas palavras que se torna um bordão que retrata a falta de atenção de seus ouvintes.

Visualizando seu sucesso rápido e promissor, sonha com uma posição no pódio das celebridades. Então, procura o caminho mais fácil e mais curto, e caem no pragmatismo absoluto.

O hedonismo toma conta de seu ser, e todas as teorias humanas os colocam na posição ideal vista por uma multidão socialmente “correta” aos padrões do: “tudo é relativo”, e acabam os seus próprios interesses no individualismo tentando sugar o máximo uns dos outros.

Um jeitinho, aqui e ali, com a ajuda de “amigos” influentes e alguns “políticos” corruptos conseguirão queimar várias etapas no processo de crescimento correto e gradativo.

A sabedoria humana é traiçoeira e limitada nas vãs filosofias de histórias incoerentes sustentadas pela tradição e culturas modificadas ao longo do tempo.

Quando alguém confia categoricamente em uma verdade relativa não estará segura em seus resultados ou objetivos. Pois não há verdade na teoria da relatividade. Pois, só existem verdades absolutas nos princípios dos oráculos do Senhor Deus, o Criador.

Assim, ele navegará em um mar obscuro com grandes vendavais e possíveis naufrágios seguidos do extermínio do seu próprio ser.

Um jovem em seu próprio ímpeto de conhecer o desconhecido embarca em uma nuvem de informações baseadas em teorias infundadas, recebidas pela tecnologia de comunicação mais volátil dos últimos tempos, principalmente para influenciar mentes vazias em busca de algo fácil sem muito esforço. Além disso, eles são radicais e corajosos apostando em um resultado de fama e poder, quando acham que conseguem: ser conhecidos e aplaudidos por uma multidão egoísta que quer estar no lugar dele um dia.

Nesta construção feita em terreno arenoso onde não havia nenhuma parte sólida e com todo tipo de material e feita com rapidez e logo estarão no auge do topo da vida. Mas quando esta construção for testada com a própria natureza, vem o vento e tempestade e leva toda a edificação em sua enxurrada resultando em fragmentos destroçados, retorcidos e sem o mínimo de restauração, indo no lixo da perdição.

 

Uma vida sem Cristo não há base para um crescimento correto da função do homem, que glorificar o Criador com sua própria vida.

 

O homem não tem noção em que alicerce está construindo sua vida se não for tocado pelo Criador.

Somente o Senhor Jesus pode te salvar.

 

Pense Nisto!

Pr. Edson Sobreira Alves

Igreja Batista Regular em Mangabeira – João Pessoa – PB