sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

UM PROJETO PARA 2011

Fim de ano e o início de mais um novo ano, o tempo passa sempre na mesma velocidade, não há começo nem fim. O homem mediu um período de 365 dias que são 8760 horas ou 525.600 minutos ou 31.536.000 segundos. As expectativas são enormes, o novo emprego, o novo salário, o novo governo. O tempo não para e não volta atrás, não podemos recuperá-lo. Estamos presos no tempo e no espaço. Cada dia, temos oportunidades, cada decisão influenciará o próximo minuto, a próxima hora, dia, ano e década. Como fazemos o uso do tempo precioso da curta vida que temos? O homem que vive 80 anos, são apenas 29200 dias, isso é pouco!

Moisés escreveu o salmo 90 e no verso 12 ele disse: “Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos coração sábio“. Também no verso 10, ele nos chama a atenção: ”Os dias da nossa vida sobem há setenta anos ou, em havendo vigor, a oitenta; neste caso, o melhor deles é canseira e enfado, porque tudo passa rapidamente, e nós voamos.”.

Nós voamos, “o tempo voa” é a expressão que nos ensina a aproveitar bem nosso tempo.

O que você fez durante este ano de 2010, conseguiu concluir todos seus projetos que você elaborou no ano anterior. Ou você não projetou nada? Precisamos refletir em nossas vidas.

Neste ano o que eu fiz influenciou ou influenciará positivamente àqueles que tiveram contato comigo, amigos, parentes, irmãos em Cristo. Os elogiei, ajudei, direcionei, alegrei. Fiz o que era correto, os amei?

Olhando para minha vida, poderia ter feito mais, corrido mais, estudado mais, projetado mais, concluído mais. Poderia ter conversado mais com o Criador. Poderia ter evangelizado mais.

Poderia ter visitado mais os enfermos, os encarcerados. Poderia ter feito mais para o propósito de Deus, na igreja, ou fora dela.

Se você que está lendo este texto nunca pensou em grande projeto de vida, eu vou lhe sugerir um para o próximo ano que poderá mudar sua vida totalmente, este projeto preencherá o vazio existencial de sua vida. Trata-se exclusivamente de conhecer o Senhor, O Criador, e ter um relacionamento intimo com Ele.

É simples, coloque um alvo para o próximo ano que se inicia: “Eu vou conhecer verdadeiramente Deus”.

Você pode me perguntar: “mas, como farei?”.

Vá a uma igreja evangélica que pregue realmente as Escrituras bíblicas, onde as pessoas lhe receberão bem, onde há ordem e decência, onde o louvor é calmo e o pregador não grite tanto. Fale com o pastor sobre seu projeto para 2011. Pegue uma Bíblia, comece lendo os Evangelhos peça para Deus lhe dar entendimento.

Conhecendo Jesus Cristo, você fará o melhor projeto de sua vida, reconhecerá que é pecador e que a única solução é receber o presente maravilhoso que o Senhor tem preparado para você, a vida eterna em Cristo Jesus.

Que o Senhor lhe dê a paz e faça resplandecer sobre ti o amor do nosso Senhor Jesus Cristo. Feliz ano Novo.

Pastor Edson Sobreira Alves.

Igreja Batista Regular Maranata- Crato - CE

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

NATAL, FESTA DOS PRESENTES E DO AUSENTE!


NATAL! Essa palavra tem um sentido especifico na vida da humanidade. A data antecipa o início do novo ano que irá nascer em uma semana. Mas, o que representa o natal?

O mundo se movimenta e se alegra na expectativa de uma grande festa, talvez a maior de todas e notamos aparentemente um clima de paz. Então, o que o natal representa na visão do mundo? Uma confraternização, onde há trocas de presentes, comes e bebes. A cor vermelha predomina os enfeites, o verde também aparece. Caixas de presentes embrulhados com as mais finas embalagens, que às vezes são mais bonitas que o próprio conteúdo. As cidades estão em uma euforia só, as casas iluminadas, as neves nos lugares frios, e o algodão representando a neve nos lugares quentes. Amigos e parentes e “irmãos” reunidos em um só propósito, comemorar o Natal.

Seria um momento de reflexão, ou de entusiasmo e satisfação na expectativa da abertura dos presentes? Os gastos são enormes, pessoas compram muito, talvez passem o ano todo esperando por este momento. É tempo em que as empresas pagam o salário dobrado, e esse dinheiro é gasto justamente no natal. É tempo de comprar um sofá novo, uma geladeira, um móvel qualquer. É tempo de presentear e receber presentes nos “amigos ocultos”, “invisível” ou mesmo “amigos da onça”.

Pessoas que presenteiam com objetos mais valiosos e outros com presentes simples. A figura do “bom velhinho” vestido de vermelho e barba branca surge trazendo muitos presentes para a garotada e para os adultos, todos fingem que não conhecem quem está por trás daquela fantasia e alguns acreditam realmente que ele exista. Diante de tudo isso não podemos esquecer da “Ceia de Natal”, um banquete com um grande peru assado como prato principal no centro da grande mesa onde todos estão em volta ansiosos para saborear as delicias da culinário neste dia tão importante. A noite vai adentro e alguns ultrapassam os limites no beber e ficam alegres além da conta, de vez em quando surgem algumas discursões, e muitas coisas que estavam escondidas são reveladas, pessoas discutem e voltam para suas casas, desgostosas. A noite termina e lá se vai a grande festa.

Esperem!! Mas quem ou o que nós estávamos comemorando mesmo? Quem nasceu naquele dia? Quem era o homenageado? A noite passou e ninguém cantou parabéns, não vimos o bolo com as velinhas (mais de duas mil). Então, as pessoas esqueceram-se do principal, o homenageado.

Sabemos que Jesus Cristo certamente não nasceu neste dia em que é comemorado o natal, mas o mundo não se lembra do nascimento de Cristo. Estão envolvidos com seu próprio “Eu”, satisfazendo seu próprio ego, a festa comemora aquilo que satisfaz o ser humano, presentes, comidas e bebidas. Todos esquecem que comemoramos a vida, o amor de Deus para conosco. A sublime vinda do Criador no nosso meio, o Emanuel “Deus conosco”. Aquele que fez todas as coisas criou o homem e se fez homem por amor a nós, para nos resgatar do Lago de Fogo eterno.

Talvez você não esteja entendendo, vou lhe explicar de forma simples: Deus criou todas as coisas, inclusive todos nós. Nós O desobedecemos, fomos tirados de Sua presença, pois pecamos contra o Deus Eterno e jamais poderíamos pagar nosso pecado. Então, Ele mesmo providenciou salvação enviando Seu Filho em forma de homem, nascido de mulher e concebido pelo Espírito de Deus. Somente sendo o próprio Deus e sendo homem perfeito poderia pagar o pecado que nós jamais poderíamos pagar. Nasceu em família simples e foi humilhado, da estribaria até a cruz do calvário, cumprindo seu propósito.

Todos nós somos condenados, vamos para o inferno, mas saímos da condenação através da morte e ressurreição de Cristo. O verdadeiro sentido do natal é a vinda de Cristo neste mundo para nos salvar,

O aceite como único e suficiente Salvador de sua vida, Feliz Natal.



Pastor Edson Sobreira Alves

Igreja Batista Regular Maranata – Crato - CE

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

CONSEGUIREMOS VIVER UMA VIDA SANTA NO PRÓXIMO ANO?




Viver uma vida santa é privilégio para poucos. Pode ser para você que já recebeu Jesus Cristo como Senhor, único e suficiente Salvador de sua vida agora e para a eternidade. O processo de santificação é gradativo, crescente, dia a dia, passo a passo. É um desafio, mas não é difícil, desde que se confie na pessoa que fez tudo por ti, o Senhor Jesus Cristo. É ele que lhe dá força e perseverança para enfrentar os obstáculos da vida cristã.

Analise a vida que você desempenhou durante este ano, lembre-se de tudo que você fez contra seu Salvador, e procure lembrar-se das maravilhas que Deus fez pra você, mesmo você tendo O desagradado.

Que fidelidade o Senhor tem para conosco. Mesmo nós sendo infiéis, Ele permanece fiel. Mas não se enganem, aquilo que plantamos colheremos. Muitas vezes queremos plantar algo, mas se não há chuvas e não regarmos a planta ela não cresce, não floresce e não dá frutos. Mesmo assim é nossa vida cristã, é o nosso processo de santificação, deixa Deus usar a sua vida para o Seu propósito. Entrega-se a Ele, peça para ser um instrumento de Sua obra. Peça para Ele manter sua integridade, alegria, testemunho, para lhe dar sabedoria, para que as pessoas possam olhar pra você e dizer: “Este homem (ou mulher) é uma pessoa integra, honesta, humilde, sábia, este homem (ou mulher) é de Deus”.

O mundo bombardeia ideias erradas que são absorvidas sem discernimento por pessoas que não tem Deus em suas vidas, mas você tem! E se você não consegue observar o que está errado em sua vida e mudar seus maus hábitos é porque você está negligenciando e entristecendo o Espirito de Deus que habita em você. Sua mente está cauterizada, ela não está limpa, pois se criou uma insensibilidade que o mundo os ensinou, mentiras que parecem verdades. Se não conseguiu ainda viver uma vida santa, faça um voto ao Senhor, no próximo ano vou seguir os passos de Jesus, vou viver uma vida santa para que o mundo possa reconhecer em minha vida a imagem de Cristo Jesus, para isso comece orando, lendo e meditando nas Escrituras todos os dias no próximo ano, criando este hábito santo, você crescerá no processo de santificação, assim como você tem o hábito de escovar os dentes todos os dias, e também de dormir e se alimentar, e o mau hábito de assistir televisão até altas horas da noite todos os dias.

Pedro diz em sua primeira epistola no verso 16 capítulo 1: “porque escrito está: Sejam santos, porque eu sou santo.” E no verso seguinte ele vai dizer que devemos portar com temor durante o tempo de nossa peregrinação aqui na terra, pois seremos julgados diante de Cristo pelas obras não para a Salvação, mas para os galardões ou vergonha.

Pense nisso!

Pastor Edson Sobreira Alves

Igreja Batista Regular Maranata – Crato - Ce