quarta-feira, 30 de novembro de 2011

JOVENS VIVENDO EM UM MUNDO AGITADO



Por que as drogas tomam conta do mundo? As drogas geram violência?
Por que cada vez mais os jovens estão envolvidos com as drogas?
Por que as autoridades não proíbem as drogas lícitas, como bebidas alcoólicas, por exemplo?
Como solucionar estes problemas? Quais são as origens que causam esta busca incontrolável pelas drogas?

A alegria de ser jovem faz parte de uma das etapas mais importe do ser humano. É tempo da formação do caráter, das novas descobertas, de traçar alguns objetivos, almejar sonhos que às vezes parecem impossíveis. Quando pequeno, sonhamos muito. Lembro-me que era o primeiro a reunir meus amigos vizinhos e inventar brincadeiras. Cavar um pequeno poço, fazer cabanas, montar um pequeno circo, e as brincadeiras tradicionais como: bolinhas de gude, amarelinha, pega-pega, esconde-esconde, duro ou mole, policia e ladrão, passar de um pé só, queimada, futebol, rolar pneus de carro, soltar pipas, descer as ruas com carrinho de rolimãs, etc. Esta era uma formação saudável de crianças simples que não se preocupavam com a violência, nem com as drogas. Era também inevitável que de vez em quanto eu levava umas cipoadas, sim uma surra de cipó em minhas pernas era de costume. Vejo que elas valeram muito em minha formação, depois de muitos anos compreendi que aquelas correções me ensinaram a viver corretamente. Se eu desobedecia meu pai eu sabia que haveria correção. Aprendi a honestidade, nunca se envolver com drogas, apesar de meu pai ser praticamente um alcoólatra. O jovem que nasce e vive na grande São Paulo como eu vivi tem grandes oportunidades de ambas as partes, tanto para um caminho ruim ou bom. Percebi também que não é exclusivamente o meio em que a pessoa vive que vai influenciar todo o seu futuro. É obvio que influencia muito, mas tenho visto jovens que viveram em comunidades humildes, com grandes violências e drogas que conseguiram dar a volta por cima e serem grandes cidadãos, e também jovens que viveram em condomínios fechados com todo o luxo e se tornaram pessoas más, pervertidos, violentas, drogados, etc.

Hoje os jovens são despertados constantemente pela mídia a buscarem novas sensações. E nessa busca frenética, incentivados também pelos que já provaram algo novo são levados a caírem no grupo dos “atualizados”, daquele que estão “ligados”. A internet tem levado uma multidão de jovens a distorcerem os verdadeiros valores da vida. A fragilidade de estarem sem base para enfrentarem novos conhecimentos oferecidos com facilidades e sem restrições nas mídias tecnológicas os levam a aceitar todo tipo de mentira como verdades, destruindo a infância, adolescência e a jovialidade saudável daqueles que poderiam desfruta de uma das mais gostosas etapas da vida humana.

A bebida alcoólica e o fumo que são liberados, ainda movimentam milhões na economia mundial, a prioridade dos governos é manter a estabilidade do bem econômico em função da degradação de jovens e famílias em destruição. É interessante que quando em determinado período é instituído a lei seca, por exemplo, nas eleições, o numero de acidentes de automóveis e a violência familiar cai consideravelmente, lógico, as pessoas tem que estarem sóbrias e vivas para poderem votar no candidato “certo”.

Os valores invertidos, a falta de respeito, a individualidade e o hedonismo permeiam a vida cotidiana da maior parte das famílias no mundo. As pessoas são insensíveis ao próximo, cada um, busca sua própria satisfação, tudo isso porque confiam no próprio eu, e esquecem-se do Criador.

A nova lei que está para ser aprovada proíbe a correção física dos pais aos filhos, isso vai de encontro contra a Palavra de Deus que diz: Provérbios 29:15 diz: “A vara e a disciplina dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma vem a envergonhar a sua mãe”. E mais: Provérbios 23:13-15 ensina que: “Não retires da criança a disciplina, pois, se a fustigares com a vara, não morrerá. Tu a fustigarás com a vara e livrarás a sua alma do inferno. A estultícia está ligada ao coração da criança, mas a vara da disciplina a afastará dela”.

Todas essas instruções e muito mais são dadas diretamente pelo Criador que fez todas as coisas, inclusive os homens.

Diante de tudo isso, podemos ver que cada vez mais há um favorecimento para que as crianças de hoje, que serão os jovens e os adultos de amanhã estejam em uma posição cada vez mais drástica na sociedade. O mesmo autor que inspirado pelo próprio Deus escreveu que devemos corrigir os filhos com a vara da correção em Provérbios é o mesmo que alerta os jovens em Eclesiastes 11:9 Alegra-te, jovem, na tua juventude, e recreie-se o teu coração nos dias da tua mocidade; anda pelos caminhos que satisfazem ao teu coração e agradam aos teus olhos; sabe, porém, que de todas estas coisas Deus te pedirá contas.

John Piper, pastor e grande escritor, escreveu o livro “Alegrem-se os povos”. Ele chama a atenção de que a alegria das crianças, dos jovens e dos adultos no mundo inteiro é conhecer a Deus. A solução para os jovens, as famílias, para acabar com os vícios da droga, a violência no mundo é o Evangelho do nosso Senhor Jesus Cristo pregado em todo o mundo.

Pense nisto!

Pastor Edson Sobreira Alves

Igreja Batista Regular em Mangabeira – João Pessoa - PB