segunda-feira, 16 de outubro de 2017

CARPE DIEM + CORAM DEO

“Tu me farás ver os caminhos da vida; na tua presença há plenitude de alegria, na tua destra, delícias perpetuamente.” (Salmos 16:11). 

O salmista expressa a ideia de duas palavras: a primeira é Carpe diem é uma expressão latina que significa aproveitar cada momento da vida com toda intensidade, mas isso não poderia acontecer sem outra expressão latina Coram Deo, que significa vivendo na presença de Deus.
 Não há uma dicotomia entre essas duas expressões. Há uma dependência total da criatura em relação ao Criador. O homem busca com toda intensidade viver uma vida plena, aproveitando ao máximo do chronos. Suas 24 horas por dia, se fosse possível, poderia ser dobrada. Cada dia parece que o tempo não é suficiente para as realizações humanas. O mundo tecnológico, pós-moderno, tem transformado nossos hábitos, chegando ao ponto de achamos que as coisas simples da vida não são importantes.
O homem está mais introspectivo, vivendo individualmente em seu próprio Cosmos.  Por outro lado ele busca, ou pelo menos tenta, viver socialmente, sim, pois característica é uma necessidade intrínseca gravada no coração, mas que tem sido perdido neste capítulo na história da humanidade, por causa do pecado. As pessoas procuram justificar seus erros nos outros e vivem de aparência, num contexto politicamente correto e ético em seu ponto de vista, onde se cumprimentam com educação aparente, mas destilam altas críticas na ausência do outro.
Deus nunca foge de nossa presença, nunca se esconde, nunca está longe, somos nós que nos afastamos, buscando uma independência, um autopoder inalcançável. Mas esquecemos de que somos limitados e dependentes. Quando estamos frágeis, debilitados, impotentes, buscamos incansavelmente soluções pragmáticas para nossos problemas, por diversos meios, então quando chegamos às últimas consequências, buscamos o Criador. Portanto, Viver cada dia aproveitando cada minuto com muita intensidade de nossa vida é ter uma vida plena e abundante somente é possível se for à presença de Deus, isso é Carpe Diem somado com Coram Deo.

Pastor Edson Sobreira da IBRM 

Nenhum comentário: