segunda-feira, 5 de abril de 2010

O Pai procura verdadeiros adoradores



O principal propósito de Deus na criação do homem, foi fazer do homem Seu adorador. Devemos adorar a Deus, em Espírito e em Verdade, e são estes que o Pai procura (João 4:23). Mas, como sabemos se somos verdadeiros adoradores?


Primeiro quando não somos estimulados a adorar a Deus externamente. Quando dependemos de algo externo para adorar a Deus, estamos buscando algo visível e tocável. Você poderá dizer: “Espera aí pastor, nós não somos idólatras”. Estamos sendo, por vários motivos: quando brigamos se o louvor é com guitarra ou orgão, se vamos louvar com hinos ou músicas contemporâneas, se queremos um coral ou uma banda, etc. Ou quando vamos ao culto “assistir” o grupo de louvor cantar, quando este tem um grande talento. O estímulo externo nos leva a adorar a criatura e não o Criador.

Segundo, os verdadeiros adoradores são motivados internamente e expressa os louvores de adoração externamente, porque toda a adoração parte de um coração quebrantado, contrito, consciente de adorar o Deus todo-poderso, o Supremo Criador. Para que isso aconteça o adorador tem que estar constantemente em comunhão com Deus, e isso não acontece somente aos domingos, onde o adorador liga um botão para adorar no momento do culto e desliga logo que acaba o culto. As vezes só liga no momento dos louvores, se o grupo de louvor for bom, e desliga durante a mensagem. Muitas vezes entra e nem liga.

E na semana, em seu cotidiano, sua bateria está totalmente descarregada, longe de Deus, longe da adoração. O adorador tem que estar orando, lendo e meditando diariamente nas Escrituras.

O Pai busca verdadeiros adoradores, você é um deles? Pense nisso.

Pastor Edson Sobreira Alves
Igreja Batista Regular Maranata - Crato - Ce

Nenhum comentário: